SE HOUVESSE AMANHÃ

Se houvesse amanhã certamente eu vos amaria

Se houvesse amanhã vós também me amaríeis

Se houvesse amanhã queria tanto ser igual a vós

Ser herdeiro do vosso caráter e da vossa conduta

Para dar continuidade e transmitir vosso legado.

 

Estou tão temeroso, sinto vossos planos para mim.

Tenho medo, mas muito medo dos vossos desejos.

Se vós não me queríeis, por que então me gerastes?

Sereis capazes de conviver com peso na consciência?

Deveríeis ter pensado nisso era antes de me gerarem.

 

Deus me pôs aqui dentro, como o milagre da vida.

E vós com irresponsabilidade tramais contra mim

Teríeis mesmo coragem desse ato cruel e irracional?

Sabeis?  Eu já tenho até um coraçãozinho a pulsar

Deis-me a chance de vos chamar: PAPAI! MAMÃE!

 

Onde estás, meu pai, por que concordas com isso?

Ah! Tinha me esquecido, como é cômodo para vós!

Não tereis obrigações para comigo e tereis liberdade

Fui fecundado por vós, que seríeis meus pais.

Agora, vós próprios vais me mandar para o PAI!

 

Que pena! Não houve amanhã…Somente o hoje!

Eu poderia ter crescido aprendendo e vos amando

Ter aprendido sobre todos mandamentos de Deus

Honrando-vos por toda a vida, no final cuidando de vós.

Que pena! Não houve amanhã…

Anúncios
Esse post foi publicado em POEMAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s