O CORAÇÃO QUE TE DEDICO

 

 

 

O CORAÇÃO QUE TE DEDICO

Mercedes Pordeus

Recife/Brasil

 

O coração que te dedico não é puro

Hás de compreender da vida os apuros

Mas, é sempre um aprendiz, eu te juro.

Para que não se deixe pulsar no obscuro.

 

O coração que te dedico não guarda segredo

Aprendeu a transformar a dor em brinquedo

Com as dores já começou a lidar muito cedo

Por isso, acostumou-se a banir de si o medo.

 

O coração que te dedico é o coração que te ama

Com a sua grandeza ele mantém acesa a chama

E quando pulsa é porque esse amor proclama

Se não for atendido, com docilidade reclama.

 

O coração que te dedico não é covarde

Obedece a uma chama interna que arde

Por vezes ele acelera provocando alarde

Ao se acalmar, a tranqüilidade lhe invade.

 

O coração que te dedico é constante

Não oscila sem ritmo a todo instante

Mesmo ele sabendo que estás distante

Ainda assim sente que estás presente

 

O coração que te dedico é humano

Ele não guarda rancor nem engano

Compadece-se do irmão em abandono

Na sua dor se irmana com retorno

 

É esse o coração que te dedico verdadeiramente

Se o aceitares nos transformaremos lentamente

E com o seu palpitar viveremos intensamente

Com ele morreremos, porém metaforicamente.

 

Em 19/07/2007

Anúncios
Esse post foi publicado em POEMAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s