TRÊS ANOS

TRÊS ANOS
(dueto)

Mercedes Pordeus
Victor Jerónimo
 
Há três anos partimos rumo a nova vida
Uma vida nova foi perpetuada e conseguida
Nós nos permitimos a verdadeiras mudanças
Num amor que nasceu de bem-aventuranças
Mudanças sem quebra das regras do amor

Partilhando nossa vida com ardor e calor
Compartilhando nossas vidas com a certeza
Na partilha de um grande amor sem pobreza.
Certeza de que existia a reciprocidade

Vivendo a nossa vida com a verdade
Sem temer o amor que tínhamos conosco
Procurando não causar anseio ou desgosto
Amor verdadeiro, que nos enriqueceu
Amor nosso e sublime que nos aqueceu
Que se tornou multiplicador das alegrias
E formou as nossas vidas em belas magias

Emanando em dois seres alegrias e emoções

Formaram verdadeiros rios de comoções
Que precisavam estimular as grandes verdades
Estimulados pela razão e sem condicionalidades
E a um amor incondicional, que nos honrou
Libertos de algemas que a vida nos libertou

 

Hoje, três anos depois das nossas decisões
Sabemos que valeram a pena nossos serões
A qual modificou nossas vidas sem vaidades
Criados em palavras de honra, sublimes
E em uníssono dizemos: VALEU! Ele frutificou.
Para agora revelarmos: VALEU! Ele frutificou!
 
03.Ago.2006
 
Anúncios
Esse post foi publicado em POEMAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s