RELEMBRANDO O NOSSO PRIMEIRO ENCONTRO

Mercêdes Pordeus
Recife/PE

Dedicado a Victor Jerónimo
Nosso segundo aniversário do primeiro encontro em Lisboa
.

Naquela manhã de três de agosto,
sublimamos todas as nossas dúvidas,
pois, para nós, era condição irrefutável,
que nos despojássemos dos ceticismos.

Aquele dia não era normal.
Foi o dia de duas almas renascerem.
Ao encontrarem um sublime amor,
começaram uma vida a dois.

Mais uma manhã de três de agosto…
Dois anos se passaram…uma certeza!
De que felicidade não era um pressuposto,
mas uma realidade de amor e muita calma.

Uma calma que inspira a ternura do seu olhar.
Acompanhando agora de perto, o desabrochar.
A cada alvorecer, surge um novo despertar.
Certeza de que nos encontramos para amar.

Começaram uma vida a dois,
em alma e corpo presente.
Olhos nos olhos, verdades sublimes.
A sublimação do seu achamento
.

Sublimando todos os desencantos,
que tivemos ao longo da vida.
Nosso amor, além do plano cognitivo,
alçoou vôo…muito além do sensitivo.

Assim eu amo um poeta,
em poesia, prosa e verso.
Num contexto poético diverso.
Assim, é o amor entre poetas.

Recife, 03.ago.2005

Nota: As estrofes 02 e 05,  são de autoria do poeta Victor Jerônimo.

Anúncios
Esse post foi publicado em POEMAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s