TOCOU-ME O SENHOR

Mercêdes Pordeus
Recife/Brasil
 
Eu estava contemplando absorta a natureza
Perguntei a Jesus, porque é a paz incerteza
Na minha aflição, não percebi sua grandeza
Tocou-me Jesus, com amor, carinho, leveza.
 
E com sensações inexprimíveis senti o Senhor
Senti sua presença com alegria, e o Seu amor
E Ele me disse: – Filha afasta de ti o dissabor
Tocou-me o Senhor, e a Ele rendi meu  louvor.
 
Já não andava mais absorta, a Ele louvava
Caminhava,e o Senhor ao meu lado estava
Sentia a paz, e ela aos poucos me tomava
Já não implorava seu toque, Ele me amava.
 
Hoje eu sei que ao meu lado Jesus sempre esteve
Paz interior, era condição para banir aquela aflição
Busquei assim a PAZ, e com ela aprendi uma lição
Tocou-me mais uma vez Jesus… e senti a atração.
 
Hoje eu sei que não precisava ter andado sem rumo
Olhar o horizonte, e me sentir um barco sem prumo
Esteve o Senhor sempre me livrando do mal terreno
Hoje eu tenho certeza, tocou-me o Senhor Supremo.
 
Jesus, Senhor bendito, sei que me dispensa o seu favor
E que fui achada por sua Onipotência, meu Pai e Senhor
Sua companhia sempre me apraz, pelo seu infinito amor
Unguento para minha alma aflita, mostrou-me meu valor
Sempre o meu caminho a seguir com coragem, sem torpor.
 
17.06.2005
 
Publicado em:
– TERRA LATINA, Antologia Internacional (2005) ISBN 85-905170-2-0
Lançamento em São Paulo, na Casa de Portugal em 30 de julho de 2005.
Anúncios
Esse post foi publicado em TERRA LATINA. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s