EU TE AMO NA QUATRO ESTAÇÕES

Mercêdes Pordeus
Recife/PE
 
Eu te amo no verão…
No calor dos dias e noites
Ao ouvir dos pássaros o canto
Com o amor e do amor o encanto.
 
Eu te amo no inverno…
Enquanto chove lá fora
E o frio o nosso lar invade
Não refrigera nosso calor interno.
 
Eu te amo na primavera…
No desabrochar de cada flor.
Ao admirar cada beija-flor
Seu cintilar num lindo furta-cor.
 
Eu te amo no outono…
Enquanto as folhas caem lá fora.
E o vento carregando-as vai.
E assim em mais uma estação eu te amo.
 
Eu te amo em cada estação…
No verão, inverno, primavera e outono.
Quer faça calor, faça frio ou sopre o vento.
O que importa e que te amo em cada dia do ano.
 
02.julho.2005
 
Publicado:
2ª Antologia Literária Internacional  do Grupo Ecos da Poesia " DOIS POVOS UM DESTINO"  (2006), edição Zeni Leal – ISBN 85-905170-5-5.
Anúncios
Esse post foi publicado em DOIS POVOS UM DESTINO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s