A TUA CALMA

A TUA CALMA
Mercêdes Pordeus
Recife/Brasil
 
Calma, muita calma!
Inspira-me a ternura do teu olhar.
Que já não sou mais uma sonhadora.
Porque, enfim te encontrei para amar.
 
Quem só vivia a desejar
muita calma na vida
agora encontrou a verdade
na realidade colorida.
 
Sinto-me no paraíso
Desde que na tua calma
encontrei-me só em sorriso.
Banidos foram todos os cismos.
 
Calma…muita calma!
Enterneceu meu viver.
Foi encontro de corpo e alma.
Sem juras de amor, só por nosso querer
Anúncios
Esse post foi publicado em POEMAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s