O SILÊNCIO E A PALAVRA

O SILÊNCIO E A PALAVRA
Mercedes Pordeus
 
Se me dás teu silêncio é porque também queres o meu.
Caminhemos lado a lado…assim  sem nada dizermos.
Se queres uma palavra de carinho e amizade, dir-me-ás.
Prometo só proferi-la se me pedires… aí pronta estarei.
Saber falar, ouvir e calar, são atitudes tão necessárias.
Prometo respeitá-las, se  for preciso para te agradar.
Agora…que entramos no jogo do silêncio, fala vai….
Diz-me se não é melhor falar, gritar o que sentimos.
Ah! grande contradição entre o silêncio e a palavra.
 
24.04.2005
Anúncios
Esse post foi publicado em POEMAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s